quinta-feira, dezembro 02, 2010

TPM.

O prédio onde moro, é um prédio em obras. Isso me aborrece. Logo pela manhã, já ouço as marteladas, o vizinho morenão assoando o nariz e a vizinha dos andares inferiores berrando com algum membro da família.

Tenho tido pesadelos nos últimos dias. Sonhei até com uma edição horrorosa do Carvão animal, cuja capa era um desenho do Dom Quixote. Além disso, havia diversas ilustrações medonhas dentro do livro. Vá entender. Durante o lançamento, me levantei da mesa onde autografava os livros para ir ao banheiro. Porém, não havia banheiro na livraria e precisei ir até o bar da esquina. Acontece é que não conseguia achar o caminho de volta para a livraria e quanto mais tentava mais me perdia. Por fim, peguei um táxi com um motorista africana que estava suando de febre e que me levou para mais longe da livraria. Enfim... foi um pesadelo só. Estou na TPM, sendo assim, esses terrores são justificáveis.

Desde criança tenho pesadelos por não achar o caminho de volta. Vá entender. Talvez eu seja um tipo que não gosta muito de voltar, de traçar o mesmo caminho de antes. É... pode ser.

Agora preciso seguir com os meus afazeres do dia. Tenho muito dever de casa.

*That´s all folks*

3 comentários:

M.F. disse...

Hahaha engraçado o teu sonho. Já tentou levar pra um psicanalista? às vezes a gente descobre loucuras inimagináveis.

Luciana disse...

Maia e sua sempiterna TPM. rs

André Victor disse...

É tenso se perder em sonhos! Vez ou outra isso acontece comigo...