segunda-feira, novembro 16, 2009

Hoje

Hoje não botei o nariz pra fora de casa. Tenho livros espalhados por todo o quarto - o que não deve acontecer, pois tenho alergia ao pó acumulado sobre/entre os livros. Comecei a ler "A volta do parafuso" do Henry James. Almocei uma omelete requentada. Lavei a roupa suja. Ouvi Chingon. Recebi um misterioso exemplar da revista Arte e Letras: Estórias F - que é linda linda! Um primor gráfico. Não sei quem me mandou, mas obrigada, viu? Recebi um poema que fizeram para mim. Descobri na seção cartas do jornal Rascunho, uma que dizia: Ana e Kafka. Nesta carta que faz uma comparação entre mim e ele, o Kafka, a leitora diz que ele, o Kafka e eu vibramos no mesmo diapasão. Coisa não? Lindo isso. Estou dando um tapa na minha oficina de como publicar um livro na internet que ministrarei quinta-feira no espaço Oi furuto de Ipanema. Terá 3 horas de duração, mas ela, na versão original, tem 8 horas. E por falar em livro na internet, o meu primeiro romance, O habitante das falhas subterrâneas vai ganhar uma versão folhetim em breve num site beeeeeemmmmm bacana. Terá ilustrações do Felipe Stefani e assim que for possível, eu conto mais.... muito mais.
Vou dormir.

*That´s all folks*

5 comentários:

Caio disse...

Oi Ana, parabens pelo blog...
gostei da definição pulp... Se sua escrita for tão pulp como a polpa de seus lábios, ahh, estarás muito bem!
desculpe a brincadeira, é q na net a gente perde a vergonha...rs
Bjs!

tenório disse...

Concordo que você e Kafka estejam no mesmo diapasão, concordo mesmo. Agora espero pelo seu novo folhetim!
Outra: quando houver essa mesmo oficina que irá ministrar em Ipanema, só que aqui em Sampa, me avise, ok?

Abraço

Tenório

André Victor disse...

Opa! Vem "O habitante das falhas subterrâneas" em folhetim por aí? Aguardo ansiosamente...

Artur disse...

Ana, faço parte da organização da Freeporto. Queríamos muito você em Recife. Espero entrarmos em contato logo para futuros encontros. Me envia um email pvt. Começo a ler o Entre Rinhas de Cachorros...
Artur Lins

ana paula maia disse...

Oi Artur... vamos ver no ano que vem.
Depois me conta da leitura do Entre rinhas.
;)